Cosmic Era
Canard Pars
domingo, 7 de junho de 2020 às 0:04

Próximos Episódios
Mobile Suit Gundam: Hathaway's Flash (I)
Filme

23 de Julho de 2020

Gundam Build Divers Re:RISE
ONA

10 de Outubro de 2019

Gundam G no Reconguista II: Bellri, Kougeki!
Filme

21 de Fevereiro de 2020

Parceiros
Sobre o Autor: Jefeston

Admirador desta maravilhosa franquia deste que a conheceu na revista Herói Gold nº26, isto ainda em 1996. Tem como cronologia preferida a Universal century, montador de gunpla enrolado e tradutor de mangas gundâmicos.




Galera newtype, a Cosmic Era é um dos universos alternativos, senão o maior com mais variedade de conteúdo adicional as animações. A série Astray dentro desta cronologia é a de maior volume, com mangas próprios, web-séries e grande participação em jogos e variados modelos de gunpla. Hoje vamos conhecer sobre um dos personagens que compõe este emaranhado de eventos paralelos as animações.


É certo como informado na série Mobile Suit Gundam Seed, que Kira Yamato foi a única criança que os cientistas obtiveram êxito no projeto em busca do Saikou Coordinator/ Coordinator Supremo, mas, houve uma outra criança que, apesar de não ter atingido todo potencial esperado, sobreviveu a todos os testes no útero artificial onde Kira foi melhorado.

A partir do momento em que o projeto passou a ser descontinuado depois de tantos transtornos, as crianças “falhas” começaram a ser descartadas, mas, uma única foi poupada pela misericórdia de um dos técnicos responsáveis por tal tarefa. Abandonado a própria sorte, Canard Pars viveu como um bicho por muito tempo, e após ter sido encontrado por um outro grupo de cientistas que sabendo de sua origem, resolveram estuda-lo, no intuito de obter dados do extinto programa Saikou Coordinator.

Submetido a vários testes, muitos deles bem cruéis, os cientistas não alcançaram os resultados desejados, já que Canard no período em que esteve no útero artificial, não chegou a atingir o estágio perfeito alcançado apenas por Kira Yamato. Além de toda violência física sofrida com os testes, Canard teve a mente bastante abalada, já que sempre era humilhado pelos analistas, se referindo a ele como apenas uma falha, que ele nunca seria um Saikou Coordinator de verdade e que o ideal seria ter o verdadeiro para estudos.

Ajudado por alguém ou quem sabe até mesmo durante um ataque do Blue Cosmos ao estabelecimento que estava sendo estudado, em sua fuga, já sem esperanças, perspectivas ou motivações para continuar vivendo, acabou conhecendo uma pessoa que lhe deu um propósito para sua vida. Após este ocorrido, Pars é encontrado pela Federação da Eurásia, e apesar de não ser um Saikou Coordinator, suas habilidades iam além das de um coordinator médio, e na carência da época de ter pilotos capacitados para Mobile Suits, a Federação viu nele uma boa oportunidade para elevar seus resultados no campo de batalha.

Para Canard, se alistar nas forças da Federação também seria lucrativo, pois teria todo suporte na busca de seus objetivos. Com isso, Pars se torna um agente das Forças Especiais X, designado para a nave Classe Agamenon Ortygia, subordinado ao comandante da Fortaleza Espacial Artemis, Gerard Garcia.

Canard Pars nos é apresentado como um dos protagonistas do manga Mobile Suit Gundam X Astray, mas também tem uma participação bem notória na foto novela Mobile Suit Gundam Seed VS Astray. No jogo Mobile Suit Gundam Seed Destiny: Generation of CE, Canard Pars é dublado pelo mesmo que dá voz a Kira Yamato.


O primeiro mobile suits usado por Canard foi o CAT1-X1/3 Hyperion Gundam Unit 1.

O Hyperion Gundam foi desenvolvido em conjunto pela Federação da Eurásia e pelas Indústrias Actaeon. Foi o primeiro mobile suit desenvolvido pela Federação da Eurásia, com três unidades produzidas antes do cancelamento do projeto por motivos políticos. A principal característica do suit é o Armure Lumiere, uma versão aprimorada do Guarda Chuvas de Artemis. O Armure Lumiere é um escudo de força quase impenetrável ao armamento sólido ou beam. Com emissores suficientes que produz uma barreira de 360°, concedendo ao Hyperion incríveis capacidades defensivas. No entanto, o sistema consome muita energia, e para garantir que o tempo de operação do traje não seja afetado o máximo possível, todas as armas beam usadas pelo Hyperion possuem baterias próprias. O armamento do Hyperion é composto por 5 facas Romteknica Beam Knife para combate corpo-a-corpo, elas ficam uma em cada membro e a última na submetralhadora, a submetralhadora Zastava Stigmate Beam, e a principal e mais forte arma, o Forfanterie Beam Cannon, dois enormes canhões montados nas costas do suit.

--

Já na fotonovela Mobile Suit Gundam Seed VS Astray, Canard usa o YMF-X000A/H Dreadnought H.


E se gostaram da matéria, confiram o manga Mobile Suit Gundam Seed X Astray traduzido pela galera do Gandeiro, nele vocês poderão acompanhar a jornada de Canard, segue link abaixo:

Gandeiro, Mangas de Gundam em Português: https://gandeiro.blogspot.com/

Redes Sociais