notícias
Yoshiyuki Tomino e Yoshikazu Yasuhiko comentam sobre o tema de guerra em animes mas novos.
sexta-feira, 21 de agosto de 2020 às 10:42

Próximos Episódios
Mobile Suit Gundam: Hathaway's Flash (I)
Filme

23 de Julho de 2020

Gundam Build Divers Re:RISE
ONA

10 de Outubro de 2019

Gundam G no Reconguista II: Bellri, Kougeki!
Filme

21 de Fevereiro de 2020

Parceiros
Sobre o Autor: EXIA

Fã desde 2011 Conheçeu Gundam atraves de revistas especializadas em animes, sendo o primeiro Gundam que assistiria seria Gundam SEED.



E ai pessoal, Exia por aqui trazendo uma notícia pra vocês. Desta vez, em comemoração com o fim da 2° guerra mundial Yoshiyuki Tomino e Yoshikazu Yasuhiko comentaram um pouco sobre os animes de hoje em dia com o tema de guerra, vamos conferir?

Em 15 de agosto, o criador da franquia Gundam Yoshiyuki Tomino e o designer de personagem original de Gundam, Yoshikazu Yasuhiko, sentaram-se para uma entrevista para discutir os temas de guerra nos animes para marcar o 75º aniversário do fim da segunda guerra mundial e a rendição Japonesa. Na entrevista, Tomino comentou sobre o uso casual de navios de guerra e tanques no entretenimento como um sinal de que o conflito não é tratado com seriedade pela geração mais jovem.

“No mundo do anime, histórias como Girls und Panzer e Kan Colle surgiram. Há partes que posso aceitar como entretenimento, mas me pergunto se está tudo bem. Para a minha geração, pensa-se, 'a guerra não deveria ser representada desta forma 'e isso me deixa desconfortável."

Ele elogiou o filme In This Corner of the World de Sunao Katabuchi como uma “obra rara” por mostrar o conflito dos olhos dos cidadãos japoneses e como os militares cercaram a vida civil.

“Não conheço nenhum outro trabalho como esse”, disse ele.

Em seguida, ele disse que todos os anos, em agosto, as histórias sobre a Segunda Guerra Mundial são lembradas, mas, para ele, a conversa nacional é sempre sobre as experiências vividas pelas vítimas. Os japoneses não pensam na guerra de uma perspectiva realista e discutem se as Forças de Autodefesa são boas ou más.

Tomino afirmou que o Japão não verá a guerra novamente e, em vez disso, será bombardeado com questões ambientais como energia, alimentos, água e resíduos de plástico. Ele mencionou sarcasticamente que, apesar desses problemas urgentes, ele se pergunta se as Forças de Autodefesa do Japão realmente têm tempo para criar o Esquadrão de Operações Espaciais.

Por fim, ele se referiu à percepção do público sobre os militares como “legais”.

*“Não há nada de legal nisso”, disse ele. “Afinal, a guerra não deve acontecer. No entanto, infelizmente nunca nos livraremos da guerra, graças aos delírios daqueles que anseiam por ela.”

O criador do Gundam afirmou que não haverá guerra em seu próximo projeto, mas o Space Battleship Yamato 2205 ainda será lançado. “Embora eu não saiba como será”, disse ele.

Yasuhiko também falou sobre suas opiniões sobre guerra e humanidade.

“Somos basicamente estúpidos”, disse ele, referindo-se a como a guerra continua a se repetir. “No entanto, o que mantém nossa sanidade em meio a tudo isso não é religião, justiça, patriotismo ou qualquer coisa assim. Acho que somos atraídos pela perspectiva das pessoas pequenas que estão presas no conflito, e vemos nós mesmos neles. Quando a humanidade é incapaz de ver os efeitos que eles têm sobre os pequenos, eles tendem a cometer erros terríveis.”

Yasuhiko então discutiu como ele está atraindo Inui para Tatsumi -Siberia Shuppei Hishi- (Inui e Tatsumi: História Secreta da Intervenção Siberiana), um mangá sobre a Intervenção Siberiana. “Essa operação foi desprezada pelo mundo e é considerado uma coisa tola. Mas quanto mais eu pesquisava sobre ele, mais eu entendo que não havia outra escolha. Percebi que queria retratar as dificuldades dos pequenos e como eles eram sendo controlado.”

Ele refletiu que parte do motivo pelo qual as pessoas contam histórias sobre história e guerra é para testemunhar os tempos precários que outros viveram. Se ele tivesse nascido alguns anos antes, poderia ter morrido em um ataque aéreo ou no campo de batalha. Essa pequena diferença de idade criou um vasto abismo nas experiências de vida entre ele e seus pais.

“Nós, que fomos educados em democracia depois da guerra, não respeitávamos os mais velhos. Nós os repreendíamos: “Esses foram os caras que cometeram os erros. Por que participaram de uma guerra tão idiota?' As pessoas que sofreram na guerra pouco falavam de seu sofrimento e, como não recebemos retaliação, éramos livres para falar, mas simplesmente ignorávamos seu sofrimento. É por isso que sinto que temos que fazer as pazes, para dizer a eles que eles também passaram por coisas terríveis”, disse ele.

E ai pessoal, o que acharam das declarações? Deixem as suas opiniões aqui nos comentários.

Fonte: https://www.animenewsnetwork.com/interest/2020-08-19/gundam-tomino-yasuhiko-comments-on-war-themes-in-girls-and-panzer-kancolle/.163050

Nosso Twitter: @planetagundam

Discord: https://discord.gg/6kE3mnG

Acompanhe nossos bate-papo no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCzQFkHsGrOOVlNh8C3nOPDA/featured

Gunplas é com o Febre Gundam: https://www.youtube.com/channel/UC49TYxyrRKR3Fau327IMUKA

Acompanhe os Podcasts da Anime Freak Show: https://anfreak.com.br

Redes Sociais