notícias
Yoshiyuki Tomino comenta sobre seu estado de saúde e afirma ter somente mais 3 anos de trabalho na indústria de animes.
quarta-feira, 1 de setembro de 2021 às 19:45

Próximos Episódios
Mobile Suit Gundam: Hathaway's Flash (I)
Filme

7 de Maio de 2021

Gundam Build Divers Re:RISE
ONA

10 de Outubro de 2019

Gundam G no Reconguista II: Bellri, Kougeki!
Filme

21 de Fevereiro de 2020

Parceiros
Sobre o Autor: EXIA

Fã desde 2011 Conheçeu Gundam atraves de revistas especializadas em animes, sendo o primeiro Gundam que assistiria seria Gundam SEED.



No final do mês de agosto a lenda por trás da franquia Gundam Yoshiyuki Tomino concedeu uma entrevista para Weekly Playboy, e nessa entrevista em questão ele comenta sobre seu estado de saúde e faz uma previsão de quanto tempo ele ainda gostaria de trabalhar com animes.

imagem

Na entrevista ele fala sofrer de stenose do canal vertebral, que é um estreitamento dos espaços dentro da coluna, causando pressão sobre os nervos. Isso causa dor e entorpecimento na parte traseira e nas pernas, tornando difícil para ele se mover livremente. Ao falar sobre a doença ele diz que quando vê vídeos dele próprio andando percebe que parece uma pessoa realmente doente, e que, por causa disso ele teria apenas mais três anos trabalhando com animes. Fora isso também revelou já estar vacinado contra a COVID-19, pelo fato de já estar com 79 anos. Ele também comentou que não teve nenhuma reação grave para com a vacina.

A estenose pode ser causada por fraturas, tumores, espondilolisteses (escorregamentos vertebrais), instabilidades, doenças sistêmicas (como reumatismo e infecções), degeneração na coluna (bicos de papagaio, hernias de disco, hipertrofia das articulações e ligamentos).

Na mesma entrevista ele fala que não participou da produção do filme de Gundam Hathaway’s Flash, mesmo a obra sendo baseada na novel de sua autoria. Embora não comente muito sobre o filme, ele comenta que poderia ter tido boas discussões com o diretor do filme sobre a adaptação se não estivesse tão ocupado com o os filmes de Gundam G no Reconguista na época. Ele também fala que após ver que a sua história virou uma animação, entende a posição que Osamu Tezuka ocupava quando ele mesmo dirigia o Umi no Triton a adaptação de anime para TV. Ele descreveu Tezuka como alguém que estava muito distante da produção do anime e com muita inteligência, se conteve de expressar seus sentimentos como o criador original.

“Fico muito feliz por estar no lugar de Tezuka, mas…Nossa,” disse isso, cobrindo o rosto com as mãos. “Significa que atingi uma certa idade. Vou fazer 80 anos em breve!”

O filme Mobile Suit Gundam Hathaway, é baseado na série de novels que possui três volumes que foram escritos por Tomino de 1989 a 1990.

Quando lhe foi questionado sobre a adaptação Live-action que Gundam teria em Hollywood, ele disse que geralmente não faz comentários sobre isso. No entanto, ele admitiu que gostaria de ser convidado para dirigi-lo, embora entenda que, está muito velho para fazer obras de ação em Hollywood. Ele reconheceu por experiência própria que o trabalho é fisicamente exigente.

“Como estou agora, não tenho mais energia para essas coisas. Então, por favor, deixe-me dizer que todos nós deveríamos valorizar os idosos um pouco mais”, disse com uma risada.

Apesar da idade avançada, Tomino mantém uma visão ambiciosa na área dos animes. Em uma rápida aparição na TV em abril, comentou que programas de robôs gigantes são para crianças, mas enquanto ele estivesse vivo, e pudesse fazer novos trabalhos, esmagaria Kimetsu no Yaiba e Evangelion, e acrescenta: “Se eu não pensasse sobre isso de forma ambiciosa, não faria animes para TV depois dos 80 anos.”

Seu último trabalho foi o terceiro filme de Gundam G no Reconguista previsto para ter 5 filmes. G no Reconguista III: Uchū kara no Isan teve a sua estreia nos cinemas japoneses em Julho deste ano.

Redes Sociais