Curiosidades
Entertainment Bible 1 : Mobile Suit Gundam MS Encyclopedia Parte 1: Edição da guerra de um ano
sábado, 19 de setembro de 2020 às 10:45

Próximos Episódios
Mobile Suit Gundam: Hathaway's Flash (I)
Filme

23 de Julho de 2020

Gundam Build Divers Re:RISE
ONA

10 de Outubro de 2019

Gundam G no Reconguista II: Bellri, Kougeki!
Filme

21 de Fevereiro de 2020

Parceiros
Sobre o Autor: EXIA

Fã desde 2011 Conheçeu Gundam atraves de revistas especializadas em animes, sendo o primeiro Gundam que assistiria seria Gundam SEED.



E ai pessoal, tudo bom com vocês? Aqui e o Exia e hoje trarei a primeira de muitas outras lendárias Bíblias de Entretenimento de Gundam, as famosas MS Bibles, estão preparados?

Para aqueles que não conhecem, as MS Bibles são data books que contem informação oficial sobre algum tema de Gundam, e por isso são informações bastante confiáveis.

Infelizmente não e fácil achar esse tipo de conteúdo, então sempre que puder vou trazer aqui pra vocês certo?

Bíblia de Entretenimento 1: Mobile Suit Gundam MS Encyclopedia Part1. Edição da Guerra de Um Ano

Publicado em: Bandai (1989) Conteúdo: Mobile Suit Gundam, MSV, MS-X, 0080

  • História da Guerra de Gundam: Capítulo 1 Um Ano
  1. Surto de guerra - uma semana de guerra • 3 de janeiro de UC0079 - O Principado de Zeon declarou guerra e atacou Side 1, 2 e 4 usando armas de tipo NBC (nuclear, biológica e química). 3 bilhões de pessoas morreram nesse período. Mais tarde, as forças de Zeon iniciaram a Operação British. O objetivo desta operação era derrubar uma colônia no QG da E.F.F em Jaburo. A colônia se separou durante a reentrada com pouso em 1/3 em Sydney. 320 milhões morreram/desapareceram no impacto. Outros 2 bilhões morreram na Terra mais tarde devido aos seus efeitos posteriores.

  2. Maior Batalha Espacial do Mundo - Batalha de Loum • 15 de janeiro de UC0079 - A batalha da frota espacial ocorreu em Side 5 (Loum). A frota espacial da E.F.F consistia em: 12 naves da classe Magellan, 61 naves da classe Salamis, 201 naves de reabastecimento/naves de pequeno e médio porte. Frota espacial de Zeon: 3 naves da classe Gwazine, 12 naves da classe Chivvay, 39 naves da classe Musai, 1 nave da classe Dolos, 87 naves médias e pequenas, acompanhado de MS-05 e MS-06. Devido às partículas Minovsky, o radar era inútil, deixando a E.F.F sem esperanças. Além disso, os MS eram equipados com bazucas atômicas (MS-06C), assim derrubando várias naves da E.F.F. Alguns Zaku II conseguiram se envolver em sua própria explosão nuclear. As forças de Zeon destruíram a frota da E.F.F e capturou o principal general da Federação, General Revil. No entanto, Zeon também perdeu muitas naves, MS e pilotos, impedindo-os de atacar Luna II. Após esta batalha, toda Side 5 (exceto a colônia do Texas que foi danificada) foi destruída. Zeon agora controlava grande parte do espaço e Side 6 declarou neutralidade em 17 de janeiro de UC 0079.

  3. Invasão da Terra

OBS: As datas podem variar.

• 7 de fevereiro, UC0079 - Uma semana após a assinatura do Tratado da Antártica, Zeon começou a se preparar para a invasão a Terra. Usando cápsulas de reentrada, Zeon desembarcou na América do Norte, Europa, África e Leste Asiático. Mais uma vez, as partículas Minovsky foram os fatores-chave na vitória de Zeon.
• 18 de fevereiro, o dia em que a 2ª invasão da Terra começou. O grupo consistia em Gaws, submarinos da classe Jukon, naves de guerra terrestres da classe Dobday e tanques de ataque Magella.
• De fevereiro a março, Zeon conseguiu conquistar 2/3 da Terra, mas suas forças estavam espalhadas demais. Isso levou a um longo impasse durante a Guerra de Um Ano.
  1. Contra-ataque da Força da Federação da Terra - Operação Odessa Após o impasse de 8 meses, a E.F.F iniciou a Operação Odessa em 7 de novembro de UC0079. O principal objetivo era retomar ou destruir as bases Euro-Asiáticas até o mar negro, a fim de retomar de Zeon os seus vastos recursos. A E.F.F usou 1/3 de suas forças terrestres. Esta operação foi possível devido à morte de Garma Zabi, que foi dado como KIA (Killed in action) contra a White Base. Sua morte levou à confusão dentro das forças de ataque da Terra de Zeon. Após três dias de batalha feroz, ela terminou com a vitória da Federação e alterando o equilíbrio militar na Terra em favor da E.F.F. Detectando a localização exata do QG da E.F.F em Jaburo, Zeon ataca Jaburo da Base da Califórnia. Este ataque resultou em uma enorme perda para Zeon e a Base da Califórnia perdeu a maior parte de sua força. Em dezembro, Zeon perdeu a Base da Califórnia para a EFF e deixou a África como a única fortaleza restante até o final da Guerra.

  2. Derrota das Forças de Zeon - Operação Star One

OBS Data diferente para o ataque de Solomon.

        Preparando-se para a Operação Star One, a E.F.F lançou suas frotas para o Espaço de Jaburo                              em 4 de dezembro. A frota de Revil e a frota de Tianem se uniram à frota em Luna II e   seguiram seu caminho para a fortaleza espacial de Zeon, Solomon. As frotas da Federação     foram reabastecidas com seus próprios Mobile Suits, RGM-79 GM.
        Em 27 de dezembro, a E.F.F atacou Solomon. A E.F.F usou sua arma secreta, o Solar   System, que destruiu 1/3 de Solomon. Esta batalha durou 9 horas, terminando com a vitória   da Federação. Dozle Zabi foi morto no combate e a maior parte de sua força de ataque    espacial foi destruída. A E.F.F perdeu 20% de sua força e Zeon perdeu 35%.
Em 30 de dezembro, Gihren Zabi ordenou o disparo do "Solar Ray", um Colony Laser. O     general Revil e Degwin Zabi foram mortos quando estavam prestes a realizar conversações de  paz. A E.F.F perdeu 40% de sua força por causa do Solar Ray.
Em 31 de dezembro, a E.F.F atacou a última linha de defesa de Zeon, a fortaleza espacial A  Baoa Qu. Durante esta batalha, Gihren Zabi foi o dado como KIA e Kycilia Zabi assumiu o     comando. A E.F.F começou a romper as linhas de defesa de Zeon e entrou em A Baoa Qu.    Kycilia tentou escapar, mas sua nave foi destruída durante o lançamento. A Federação e a    República de Zeon assinaram um tratado para encerrar a guerra em Granada em 1º de   janeiro de UC 0080.
  • História de Desenvolvimento dos MS
  1. O nascimento dos MS Mobile Suits (Instrumentos Espaciais para Utilidades Táticas) As partículas Minovsky foram descobertas por cientistas de Zeon em UC 0070. Tornando os radares inúteis, assim como outras comunicações de longo alcance e mísseis guiados. O Departamento de Defesa de Zeon estabeleceu seu QG em Amman (visto na série Zeta). Onde eles trabalhavam com a AE (Anaheim Electronics) no desenvolvimento de MS. Em julho de UC 0075, o Departamento de Defesa de Zeon aprovou a produção em massa do MS-05. Em dezembro de UC 0075, Kycilia Zabi ordenou a criação de um esquadrão de testes de MS e de uma escola de treinamento para pilotos de MS.

  2. MS de Zeon para uso terrestre Em dezembro de UC0076, o Departamento de Defesa de Zeon perguntou a AE sobre a pesquisa de MS para fins de invasão da Terra. Em agosto de UC 0077, O Zaku de teste Zaku II (MS-06A) é implementado. Semelhante ao tipo Zaku II F, o MS-06A não possuía espigões nos ombros e um escudo. Foi equipado com metralhadora de 120 mm e uma bazuca de 240 mm. Foi originalmente programado para ser produzido em massa, mas Kycilia Zabi o cancelou. Em vez disso, ela ordenou que ele fosse redesenhado do MS-06A com base na teoria de que a Federação já estava construindo unidades anti-MS. Isso levou à criação do MS-06C, que foi equipado com espigões de ombro, escudos e armas de calor. Em janeiro de UC 0078, foi iniciada a produção em massa do MS-06C. O restante dos MS de Zeon foram derivados do tipo MS-06C. Primeiro veio o MS-06J, seguido pelo MS-06D, MS-06M, MS-06K. Em seguida, um novo modelo, MS-07 Gouf, foi introduzido. Por fim, o MS-09 Dom foi desenvolvido. Esse MS tinha um design completamente diferente das variantes tradicionais do Zaku. Sua característica flutuante resolveu os problemas enfrentados pela mobilidade de Zaku e Gouf em Terra.

  3. MS de Zeon para uso aquático O MS-06M Zaku Marine Type também passou pelo número do modelo MSM-01. Este traje era um MS-06C modificado. Por esse motivo, o MS-06M pode submergir apenas 100 metros. Portanto, este MS só era bom para operações nos rios ou baías rasas. Ele também foi usado durante o ataque da 3ª invasão da Terra e enviado à Base da Califórnia para mais testes. A Base da Califórnia foi capturada em perfeitas condições. Tornou-se a maior base da Força de Ataque da Terra em solo inimigo. A base possuía instalações navais, bases aéreas, plataformas de lançamento de ônibus espaciais, fábricas de armas e instalações de teste. Tornando-se assim, a principal unidade de pesquisa e desenvolvimento de MS de Zeon na Terra. MSM-03 Gogg foi o primeiro MS marinho produzido em massa por Zeon. Foi também o primeiro MS de Zeon a ser equipado com canhão de megapartículas. MSM-04 Acguy e MSM-07 Z'gok entraram no serviço ao mesmo tempo que Gogg. O Acguy compartilhou muitas partes comuns com o MS-06. Devido ao seu design simples, Acguy era frequentemente confundido com uma baleia no radar do sonar. MSM-10 foi o último MS marítimo produzido. Foi equipado com 9 canhões de megapartículas e capacidade de pairar. Esta unidade se enquadra tanto na categoria de MS quanto de MA (Mobile Armor).

  4. MS de Zeon para uso no espaço Zeon.

    MS-06F foi a versão modificada do MS-06C. Foi produzido em massa do meio ao fim da Guerra de Um Ano. Foi o MS mais produzido durante a guerra. O MS-06R era altamente móvel, mas a pilotagem era muito difícil. Apenas um pequeno número de Zaku II R Type foi produzido. O MS-09R Rick Dom foi criado devido a pedidos diretos do Departamento de Defesa de Zeon. O Departamento de Defesa ficou descontente com a lenta pesquisa e desenvolvimento; a taxa da próxima geração de MS, que substituiria o Zaku. Portanto, o MS-09 somente na Terra foi redesenhado para o combate espacial. Esse processo levou apenas 2 meses. Durante a produção em massa do Rick Dom, diferentes modelos de MS estavam sendo desenvolvidos. Eles eram o MS-10 Pezun Dowadge, o MS-11 Act Zaku, o MS-14 Gelgoog, o MS-15 Gyan e o MS-17 Galbaldy Alpha. Zeon escolheu o Gelgoog como a próxima massa promissora de MS, uma vez que estava equipado com um beam rifle. A introdução de grandes variedades de MS durante um curto período de tempo causou desordem nas forças. Primeiro, não foram usadas peças comuns, o que dificultava a manutenção da mecânica em si. Então, ver um MS abandonado nas linhas de frente era comum. Por fim, os pilotos tiveram dificuldade em se adaptar a diferentes tipos de cockpits. No geral, os MS de Zeon foram considerados de melhor qualidade que os da Federação, mas a E.F.F possuía computadores avançados que ajudavam bastante os pilotos iniciantes.

  • A Aparição dos Mobile Armors

    À medida que a guerra avançava, a necessidade de MA aumentou, pois certos empregos não eram capazes pelos Estados-Membros. Assim, um dos planos de MA antes da Guerra ressurgiu. O primeiro MA experimental foi um navio de alta velocidade com um manipulador conectado. Não era muito poderoso, mas estava equipado com um mega canhão de partículas. Outro motivo para a criação foi devido ao sistema psycommu. O sistema Psycommu foi considerado grande demais para ser instalado em um MS. Após a conclusão do MA-05 Bigro, o MSN-03 Braw Bro foi construído. Braw Bro foi equipado com um sistema psycommu. Exigia três membros da tripulação, mas um newtype poderia controlar todos os quatro canhões de megapartículas com fio com apenas um piloto. O Instituto Flanagan descobriu que as partículas Minovsky não afetavam as ondas psíquicas. Isso levou à criação do MAN-08 Elmeth, que foi equipado com bits. O MSN-02 Zeong se tornou o primeiro MS a ser equipado com um sistema psycommu. Outros MA, como o MAM-07 Grublo e o MA-08 Big Zam, apareceram durante a guerra. No entanto, eles não foram produzidos em massa porque Zeon não possuía os pilotos e os recursos necessários para construí-los. Alguns dos experimentais que apareceram em combate foram destruídos pelo Gundam da Federação.

  1. Início do projeto V! OBS O mês inicial do V Project é um mês antes.

    Em março de UC 0079, a E.F.F iniciou o Projeto V, que incluía o desenvolvimento de um MS e uma nova classe de naves que os usará. Os planos originais eram: o protótipo de P&D dos Estados Unidos; eles ocorreriam em Side 7 e a produção do tipo MS de produção em massa ocorreria em Luna II. Os planos originais eram construir protótipos de produção em massa para um MS de curto alcance, um MS de suporte médio e um MS de suporte de longo alcance. A Federação enfatizou o uso do Core Block System, que funcionará como um dispositivo de escape via Corefighter. O plano Corefighter foi rejeitado para os tipos de produção em massa, uma vez que cada unidade era 3 vezes o custo de um Zaku II. A E.F também queria usar o maior número possível de partes comuns para os três tipos de MS. RX-77 Guncannon e RX-78 Gundam vieram equipados com um rifle. O Gundam também veio com um sabre de raios. Todos os três protótipos (Guntank, Guncannon e Gundam) foram equipados com armadura de liga Luna Titanium e um computador de aprendizado avançado. Foram construídos 9 protótipos (3 de cada). Depois que o esquadrão de Char atacou Side 7, o RX-78-1 Prototype Gundam foi destruído e o RX-78-3 G-3 foi danificado. Total de 3 MS: Guntank, Guncannon e RX-78-2 Gundam sobreviveram ao ataque. Mais tarde, o G-3 foi remontado em Luna II para testes de revestimento magnético.

  2. Os MS de produção em massa da Federação. Em novembro de UC 0079, o 3 protótipos da série RX retornaram com segurança a Jaburo. Os dados de seus computadores foram coletados 2 meses antes de um dos corpos de reabastecimento. O projeto dos MS produzidos em massa da E.F já havia começado. A E.F selecionou o RGM-79 GM como o MS que seria produzido em massa, diferente do seu plano original. Para o ambiente espacial, a ball RB-79 foi escolhida como a unidade de suporte para o GM. Enquanto isso, na Terra, a Federação já produzia em massa o canhão de armas pesadas RX-77-3 e o RMV-1 Guntank II. Outras variantes do GM produzidas pela E.F.F foram os RGM-79D GM Cold Climate Type, RGM-79G / GS GM Command, RGM-79SC GM Sniper Custom, RGM-79SC GM Light Armor, RGM-79L GM Light Armour, TGM-79 GM Trainer e RGC-80 GM Cannon. Embora ambas as facções usassem algum tipo de arma solar, o MS foi o elemento-chave no resultado da Guerra de Um Ano. Zeon tinha os melhores MS, mas a Federação tinha a vantagem na qualidade do piloto por causa do sistema de cockpit baseado nos dados de combate do RX-78-2. Os MA de Zeon eram poderosos, mas não foram produzidas o suficiente para fazer a diferença na guerra. Havia dois planos de F.A (armadura completa) para o Gundam. Eles eram FA-78-1 FA Gundam e o FA-78-2 Heavy Gundam. Ambos foram projetados, mas nunca produzidos. O RX-78-4, que estava sendo construído na Terra, foi modificado como o RX-78NT1 Alex na base Augusta na América do Norte. Alex também veio com a opção F.A e equipado com um protótipo de assento linear.
  • Relatório Oficial de Gundam

    A E.F estabeleceu uma meta de que era necessário que 90% da população humana teria que migrar para o espaço, a fim de restaurar a Terra. UC 0050, cerca de 200 colônias foram construídas com a população de 9 bilhões. Depois que 90% da população migrou, a E.F cancelou as construções de novas colônias e a migração terminou lentamente. Aqueles que ainda viviam na Terra eram considerados a "Elite", e os spacenoids os viam como traidores. Nessa época, as colônias foram numeradas na ordem em que foram construídas (ou seja, Bunch). A idéia de contolismo se formou e se espalhou pelas colônias nessa época também. UC 0052, Zeon Zum Deikun mudou-se para Side 3 e começou a praticar o Contolismo. UC 0062, Side 3 declarou independência e a República de Zeon foi formada. Durante esse período, muitas atividades anti-Federação aumentaram no restante das Sides. O governo da E.F estabeleceu imediatamente sanções econômicas em Side 3, que fortaleceu sua Força Espacial e transformou Luna II em uma base militar. A República de Zeon atualizou sua força de autodefesa para forças armadas e buscou ajuda de indústrias na Lua. No entanto, Zeon Deikun estava tentando reconhecer a república através da diplomacia com a E.F. UC 0068, Zeon Deikun morreu de repente (também surgiram rumores de assassinato). Degwin Zabi tornou-se o próximo primeiro ministro de Zeon. Uma luta política entre a facção de Deikun e a facção Zabi explodiu. Degwin Zabi começou a expulsar a facção Deikun e estabeleceu uma ditadura da família Zabi. A E.F viu isso como uma oportunidade para isolar Side 3, mas isso apenas aumentou a tensão entre a E.F.F e Zeon. A Federação envia guarnições para cada Side para evitar qualquer deserção.

  • Referência de número de modelo do MS

    • MS para Zeon significa Mobile Suit. Ex: MS-06 • MA para Zeon significa Armadura Móvel. Ex: MA-05 • Y em YMS identifica um protótipo de MS. Ex: YMS-15 • M no final de MSM ou MAM identifica um tipo ou MS marinho MA. Ex: MSM-03 • N no final do MSN ou MAN identifica apenas unidades Newtype como MS ou MA. Ex: MSN-02 • R em RX ou RGM identifica como um MS da federação (E.F) ou Renpou MS. Ex: RGM-79 • RX identifica um MS experimental da Federação (Renpou). Ex: RX-78-2 • GC em RGC significa GM Cannon. Ex: RGC-80.

  • Nomes das colônias

    • Side 1 Zaan • Side 2 Hatch (este é o nome anterior. Hatte é o nome atual) • Side 3 Munzo • Side 4 Muah • Loum em Side 5 • Side 6 Reah • Side 7 Noé

  • Nosso Twitter: @planetagundam

  • Discord: https://discord.gg/6kE3mnG

  • Acompanhe nossos bate-papo no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCzQFkHsGrOOVlNh8C3nOPDA/featured

  • Gunplas é com o Febre Gundam: https://www.youtube.com/channel/UC49TYxyrRKR3Fau327IMUKA

  • Acompanhe os Podcasts da Anime Freak Show: https://anfreak.com.br

Redes Sociais