Analise
Combate mortal: Gundam vs Zeong
domingo, 7 de fevereiro de 2021 às 23:51

Próximos Episódios
Mobile Suit Gundam: Hathaway's Flash (I)
Filme

7 de Maio de 2021

Gundam Build Divers Re:RISE
ONA

10 de Outubro de 2019

Gundam G no Reconguista II: Bellri, Kougeki!
Filme

21 de Fevereiro de 2020

Parceiros
Sobre o Autor: EXIA

Fã desde 2011 Conheçeu Gundam atraves de revistas especializadas em animes, sendo o primeiro Gundam que assistiria seria Gundam SEED.



E aí pessoal, aqui é o Exia e hoje vamos trazer mais uma análise de MS no nosso quadro batalha mortal, porque todos querem saber, afinal de contas quem é o melhor: O terror de Zeon na guerra de um ano, que veio para mudar o curso da guerra, o RX-78-2 Gundam, ou a arma secreta do instituto Flanagan de Zeon, o famoso MS “sem pernas” MSN-02 Zeong.

Vamos a um breve comentário dos dois Mobile Suits. Aqui temos dois extremos da guerra. De um lado, o famoso demônio branco da federação, que entrou em ação logo após a E.F.F ver a força dos Zakus de Zeon, e ainda mais depois da batalha de Loum, onde o Principado parecia imbatível no novo modo de combater. E do outro lado, temos uma máquina totalmente nova saindo aos 45 minutos do segundo tempo na guerra, a primeira máquina equipada com a mais nova tecnologia do instituto Flanagam de pesquisas Newtype e em colaboração com a fabrica de MS da fortaleza de A Baoa Qu. Qual das duas sairá melhor?

Número de modelo: RX-78-2

  • Codinome: Gundam
  • Tipo de unidade: Protótipo de Mobile Suit para Combates Próximos
  • Fabricante: Forças da Federação Terrestre
  • Operador: Forças da Federação Terrestre
  • Lançamento: julho de U.C 0079
  • Primeira implantação: 18 de setembro U.C 0079
  • Acomodação: apenas piloto, na cabine padrão no tronco com Core Block System usando FF-X7 Core Fighter
  • Dimensões: Altura total 18,0 metros
  • Peso: 43,4 toneladas métricas vazias; máx. bruto 60,0 toneladas métricas
  • Blindagem: Liga de Titânio Lunar
  • Fonte de energia: Reator de fusão ultracompacto tipo Minovsky, potência nominal de 1.380 kW
  • Propulsão: Propulsores de foguete: 55.599 kg no total (2 x 24.000 kg, 4 x 1.870 kg)
  • Desempenho: Tempo de giro de 180 graus 1,5 segundos (1,1 segundos após a atualização do revestimento magnético); velocidade máxima de corrida no solo 205 km / h
  • Equipamentos e características de projeto: Sensores, alcance de 5.700 metros; sistema de "aprendizagem de computador"; sistema de refrigeração de reentrada; juntas com revestimento magnético.
  • Armamentos fixos: 2x canhões vulcan de 60mm, montados na cabeça; 2x beam saber, potência nominal de 0,38 MW, armazenado no backpack de recarga, transportado à mão em uso; escudo RX · M-Sh-008 / S-01025, opcionalmente pode ser armazenado no backpack.
  • Armamentos manuais opcionais: BOWA · Fuzil XBR-M-79-07G, alimentado por carregadores de energia; BLASH · XHB-L-03 / N-STD hyper bazooka 380 mm, alimentado por cartucho, 5 disparos por carregador mais 1 dentro da câmara; Beam Javelin; hyper martelo; Gundam Hammer.

Conhecendo a máquina

Sendo colocado em ação de um modo totalmente emergencial, o Gundam foi posto em ação em Setembro de U.C 0079, quando um grupo de reconhecimento atacou sorrateiramente as instalações da Federação em Side 7. Logo foi reconhecido como uma máquina extremamente forte, derrotando dois Zakus sem muito esforço do piloto e somente com seus armamentos fixos. Sendo projetado pelo engenheiro Tem Ray, pai da lenda Amuro Ray(tenta colocar o link do pilot profile), o projeto V ultrassecreto dos federais foi descoberto um tanto tarde, eu diria. Trazendo tecnologias novas como o core block system e o computador de aprendizagem, fez do Gundam uma arma que foi temida até o fim da guerra. Em termos de armamentos ele também foi o primeiro MS a usar armas totalmente energéticas, como o sabre de raios, aumentando assim sua letalidade em combate, e também o seu rifle de energia, que na época, se equiparava a uma nave de combate Zeonica. Tal máquina só foi parada no fim da guerra. Quem fez isso? Você verá a seguir…

Número do modelo: MSN-02

  • Codinome: Zeong
  • Tipo de unidade: Mobile Suit protótipo de uso Newtype.
  • Fabricante: Fábrica de mobile suits de A Baoa Qu
  • Operador: Principado de Zeon
  • Primeira implantação: 31 de dezembro UC 0079
  • Acomodação: apenas piloto, na cabine padrão na cabeça
  • Dimensões: Altura Total 17,3 metros
  • Peso: Vazio 151,2 toneladas métricas; máx. bruto de 231,9 toneladas métricas
  • Blindagem: Liga de aço super-resistente
  • Fonte de energia: Reator de fusão ultracompacto tipo Minovsky, potência nominal de 9.400 kW
  • Propulsão: Propulsores de foguetes: 187.000 kg no total
  • Equipamentos e características de projeto: Sensores, alcance de 81.000 metros; sistema psycommu; cabeça destacável, pode ser operada sem corpo principal
  • Armamentos fixos: 2x braços guiados por fio contendo 5 canhões de mega partículas, canhões montados em dedos de manipulação; 2x canhões de mega partículas, montada no tronco; canhão de mega partículas, montado na cabeça.

Conhecendo a máquina

Tendo sido construído logo ao final da OYW( One Year War), o Zeong foi o primeiro MS feito exclusivamente para uso Newtype, e a segunda máquina a ser equipada com a nova tecnologia psychommu, vinda diretamente dos laboratórios de pesquisa newtype de Zeon. O sistema psychommu, entrou como uma luva para Zeon no final da guerra, pois com a Federação fechando o cerco contra o principado, foi necessário que todas as cartas na manga fossem usadas. Uma delas, com certeza, foram as máquinas Newtype, que já tinham conquistado a confiança dos militares com o MAN-08 Elmeth, e sua piloto, Lalah. O Zeong a princípio seria um MS de uso para todos os terrenos, mas que por falta de tempo e testes, foi configurado apenas para o espaço, e por isso não precisou de pernas, dando assim mais mobilidade, e também menos pontos para ser acertado. Sendo uma máquina completamente nova, e com armas muito potentes, este mobile suit deu muito trabalho para os federais, e inclusive para o Gundam, que foi surpreendido pelas suas armas e truques escondidos…

Analisando os Mobile Suits

Vamos começar pontuando aqui que, o Gundam por ter entrado mais cedo na guerra teve mais tempo para sua resistência ser melhorada, a blindagem do Gundam claramente demonstra uma resistência melhor contra muitos ataques. Mas quando o assunto são canhões de pura energia e alto calibre, nem mesmo o famoso demônio branco pode suportar mais do que dois disparos em pontos importantes da máquina. Por outro lado, se nem mesmo o Gundam com toda a sua blindagem aguenta tantos ataques diretos, o Zeong também não fica para trás. Sendo feito da mesma liga de aço de um Zaku, ele é sem dúvidas um prato cheio para quem possui um arsenal variado contra as máquinas de Zeon, e portanto, neste embate de resistência, eu considero um empate.

Vamos agora para a mobilidade dos MS. Que é onde o Gundam tem uma leve vantagem. De um lado temos o Gundam com um total de 6 foguetes em seu design, sendo 4 em suas costas e duas nas pernas, trazendo assim uma ótima movimentação para o mobile suit, que pode ter uma movimentação menos regular e previsível, e por se tratar de uma luta no espaço isso pode decidir o fato de ser atingido ou não em combate. Isso por sua vez não se enquadra ao Zeong, que possui apenas a mobilidade de seus foguetes em seu sistema de propulsão. Isso em poucas palavras faz com que o Zeong tenha uma mobilidade limitada e previsível, pois sem propulsão lateral como o Gundam tem, tudo o que ele pode fazer é seguir em frente e desviar de disparos como se fosse um caça. Vendo por esse lado, o Gundam leva esse ponto.

Tecnologia

Aqui também temos uma disputa que poderia ser um empate. Em termos de sensores, o Zeong leva a melhor, tendo um sensor quase 15 vezes melhor que o Gundam, significando que o Zeong pode enxergar o Gundam 15 vezes mais longe. Por outro lado temos o computador de aprendizagem do Gundam, que com o passar da guerra, e depois de vários combates, consegue prever muito os movimentos dos MS inimigos tornando-o assim mais letal. Tentando reverter a situação, temos o Sistema Psychommu, que converte ondas cerebrais do piloto newtype em ação. Quanto mais forte for o newtype, mais letal a máquina se torna, além de conseguir controlar armas remotas a longas distâncias. Considerando as vantagens de terreno do Zeong, eu firmemente dou um ponto a mais para a máquina de Zeon.

Armamentos

Vamos agora para o tira-teima, os armamentos. De um lado temos o Gundam com armas variadas, de média e curta distância, como a sua hyper bazooka e seu rifle de raios, como também os seus sabres de curta distância faz com que ele precise chegar a uma distância considerável de seu inimigo para iniciar o combate. Sua bazooka seria neutralizada pelos raios do Zeong, que só possui este tipo de arma, o que é uma clara desvantagem para o Mobile Suit, que em luta a curta distância não teria muito o que fazer certo? Mas isso somente se a luta se tornasse a curta distância, lembram que o Zeong consegue ver o Gundam 15 vezes mais longe? E que ele também possui armas remotas de longa distância? Tentar encurtar a luta com um mobile suit que você nem consegue ver é uma tarefa extremamente difícil, ainda mais com a arma escondida do Zeong, seu mega canhão acoplado na cabeça que ainda é destacável, podendo pegar o piloto inimigo de surpresa. O piloto do Gundam pode tentar contornar isso com a ajuda do computador de aprendizagem, tentando prever os ataques inimigos, mas somente se isso fosse conhecido pelo banco de dados, o que não é o caso. Sendo assim, após uma dura análise, vejo que o cenário onde o Gundam consegue se aproximar do Zeong para ter mais vantagem sobre ele é muito difícil, e caso aconteça, pode ainda ser surpreendido pela cabeça destacável, dando assim o ponto da vitória para o Zeong de Zeon.

E com o placar de 3 x 2, o Mobile Suit de Zeon leva essa batalha mortal por muito pouco contra o Gundam! Parabéns Zeong!

Redes Sociais